1) Compreender que o trabalho remoto não é uma reprodução do trabalho de escritório com um pano de fundo diferente;

2) Escolher um local da sua casa com boa iluminação natural e/ou artificial, boa ventilação e o mínimo de conforto para o seu corpo, buscando boa postura e pausas de relaxamento e exercícios (Ergonomia*);

3) Manter uma comunicação periódica com a equipe para que todos saibam que seguem a bordo;

4) Sustentar a agenda organizacional, garantindo que haja tarefas a cumprir e que nossos papéis e responsabilidades não desapareceram;

5) Fortalecer o di√°logo e conversas de qualidade, com a intensifica√ß√£o dos v√≠nculos e das responsabilidades m√ļtuas;

6) As jornadas de trabalho remoto precisam ser reduzidas em volume de tempo para que cada pessoa possa cuidar da sua casa, alimenta√ß√£o, descanso e fam√≠lias, especialmente de crian√ßas e idosos. Mesmo √† dist√Ęncia, muitos de n√≥s oferecemos suporte aos mais idosos, e isto √© crucial neste momento;

7) Viver um dia após o outro!

“A mudan√ßa do enquadre n√£o se resume apenas ao que se perdeu, mas ao que emerge na nova realidade que se arma ao nosso redor” alerta de Rog√©rio Silva, s√≥cio da Pacto Organiza√ß√Ķes Regenerativas, para enfrentarmos esse per√≠odo de recolhimento em casa.

*Ergonomia: Ci√™ncia que estuda a rela√ß√£o entre o ser humano e o trabalho que executa, procurando desenvolver uma integra√ß√£o perfeita entre as condi√ß√Ķes de trabalho, as capacidades e limita√ß√Ķes f√≠sicas e psicol√≥gicas do trabalhador e a efici√™ncia do sistema produtivo.

Fonte: Projeto Draft, Edi√ß√£o # 38, 28 de mar√ßo 2020 – Especial Coronavirus, trechos do artigo de: Rog√©rio Silva, s√≥cio da Pacto Organiza√ß√Ķes Regenerativas

Nosso blog
Instagram