OS CINCO PASSOS PARA O IKIGAI

 

Inspiração e Trechos, transcritos na íntegra por Luciana Costantin,
do Livro ‚ÄúIKIGAI – Os Cinco Passos para Encontrar seu Prop√≥sito de Vida e ser mais Feliz‚ÄĚ
de Ken Mogi, neurocientista e escritor japonês.

 

O que é Ikigai?

 

‚ÄúIkigai √© uma palavra japonesa que descreve os prazeres e sentidos da vida. A palavra consiste, literalmente, de ‚Äúiki‚ÄĚ: viver e ‚Äúgai‚ÄĚ: raz√£o‚ÄĚ ‚Äď Raz√£o de Viver.

‚ÄúIkigai √©, de certa forma, um bar√īmetro que reflete a vis√£o de uma pessoa sobre a vida de uma forma integrada e representativa.‚ÄĚ

‚ÄúIkigai d√° prop√≥sito √† vida ao mesmo tempo que d√° determina√ß√£o para seguir em frente.‚ÄĚ

‚ÄúIkigai √© uma esp√©cie de eixo cognitivo e comportamental, em torno do qual v√°rios h√°bitos de vida e sistemas de valores est√£o organizados.‚ÄĚ

‚ÄúIkigai representa a sabedoria de vida dos japoneses, a sensibilidade e a maneira de agir que foram unicamente pertinentes na sociedade japonesa e que evolu√≠ram ao longo de centenas de anos dentro da sociedade fechada da na√ß√£o insular.”

[Caracter√≠sticas individuais importantes na personalidade de uma ra√ßa ficam codificadas na l√≠ngua da cultura e, quanto mais importante a caracter√≠stica, mais prov√°vel √© que seja capturada por uma √ļnica palavra.]

Hipótese Léxica proposta por Francis Galton, psicólogo inglês, no final do século 19

Seu Motivo para Levantar de Manh√£

 

Ikigai, √†s vezes, √© expressado como ‘o motivo para se levantar de manh√£’. √Č o que d√° motiva√ß√£o cont√≠nua para viver a vida, ou voc√™ tamb√©m pode dizer que da o apetite para a vida que deixa voc√™ √°vido para perceber cada novo dia.”

 

Os Cinco Passos para o Ikigai:

Passo 1: Começar Pequeno

‚ÄúDecididamente, come√ßar pequeno √© a principal caracter√≠stica dos dias de juventude. Quando somos jovens, n√£o se pode come√ßar as coisas de um jeito muito grande. O que quer que se fa√ßa, n√£o importa muito para o mundo. √Č preciso come√ßar pequeno. E o que se tem em abund√Ęncia √© mente aberta e curiosidade, os grandes motivadores dedicados a uma certa causa.‚ÄĚ

‚ÄúKodawari √© um conceito japon√™s dif√≠cil de traduzir. Costuma ser chamado de ‚Äúcomprometimento‚ÄĚ ou ‚Äúinsist√™ncia‚ÄĚ. √Č um padr√£o pessoal, ao qual o indiv√≠duo adere de forma decidida. √Č pessoal por natureza, e √© uma manifesta√ß√£o de orgulho pelo que se faz. Em resumo, √© uma abordagem pela qual se toma cuidado extraordin√°rio com detalhes bem pequenos.‚ÄĚ

 

Passo 2: Libertar-se

‚ÄúLibertar-se est√° altamente relacionado a estar no aqui e agora e est√° ligado √† descoberta dos prazeres sensoriais. Ao nos aliviar do peso da individualidade, n√≥s podemos nos abrir para o universo infinito de prazeres sensoriais.‚ÄĚ

‚ÄúSe voc√™ conseguir atingir o estado psicol√≥gico de ‚Äúfluxo‚ÄĚ, estado no qual as pessoas est√£o t√£o envolvidas em uma atividade que mais nada parece importar, voc√™ obter√° o m√°ximo do ikigai, e as coisas como tarefas di√°rias v√£o ficar at√© mais agrad√°veis, como descrito pelo psic√≥logo americano nascido h√ļngaro Mihaly Csikszentmihalyi. Voc√™ n√£o vai sentir necessidade de reconhecimento do seu trabalho ou dos seus esfor√ßos, n√£o vai ficar procurando nenhum tipo de recompensa. A ideia de viver num estado cont√≠nuo de euforia, sem procurar gratifica√ß√£o imediata por reconhecimento externo, de repente est√° ao nosso alcance.‚ÄĚ

Passo 3: Harmonia e Sustentabilidade

“Claramente, harmonia é a chave da sustentabilidade. Modular os desejos e as vontades de uma pessoa em harmonia com o ambiente em que vive também ajuda a reduzir conflitos desnecessários. Em outras palavras, o ikigai é pela paz!

A sustentabilidade é uma arte na vida e requer engenhosidade e habilidade. Um homem é como uma floresta, individual, mas conectado e dependente dos outros para crescer.

Portanto, imagine que voc√™ est√° no meio de uma floresta tranquila. Respire bem fundo. E considere o que seria necess√°rio para manter essa floresta. O ikigai trabalha em escala pequena, com paci√™ncia, de forma comum e com o olhar voltado ao longe.‚ÄĚ

Passo 4: A Alegria das Pequenas Coisas

“O ikigai √© uma adapta√ß√£o ao ambiente, independente de qual seja a natureza desse ambiente. Do sum√ī ao bal√© cl√°ssico, as pessoas que encontram o ikigai podem ter alegrias al√©m do valor simplista das vit√≥rias e derrotas. Ter ikigai contribui para tirar o melhor das circunst√Ęncias, o que pode acabar sendo dif√≠cil, independente do fato de as circunst√Ęncias poderem ser dif√≠ceis.”

‚ÄúNo mundo, tudo est√° conectado, e ningu√©m √© uma ilha.‚ÄĚ ‚ÄúIkigai e felicidade v√™m da aceita√ß√£o do eu. O reconhecimento de outras pessoas sem d√ļvida seria um b√īnus. Celebre quem voc√™ √©!‚ÄĚ

Passo 5: Estar no Aqui e Agora

‚ÄúOs japoneses encaram com seriedade as coisas ef√™meras da vida. Como comer uma manga kanjuku (=perfeitamente madura) ou um mel√£o-cantalupo magn√≠fico, exemplos das famosas ‚Äúfrutas perfeitas‚ÄĚ vendidas na loja de frutas Sembikiya (desde 1834). S√≥ leva alguns minutos, e isso proporciona uma alegria fugaz. N√£o √© poss√≠vel se agarrar a experi√™ncia. N√£o √© poss√≠vel tirar uma selfie de um gosto. A cren√ßa no ef√™mero do ikigai, estar no aqui e agora, √© possivelmente o mais profundo dos cinco pilares do ikigai.‚ÄĚ

“Na vida, n√≥s precisamos de evolu√ß√£o, n√£o de revolu√ß√£o. √Č comum que uma ilus√£o sobre uma revolu√ß√£o na vida – em que voc√™ √© arrebatado por princ√≠pios rec√©m-encontrados, jeitos novos de pensar e fazer, e pela ideia de come√ßar a vida toda de novo – tire as pessoas do rumo.

Como o ikigai s√≥ refor√ßa suas intui√ß√Ķes j√° presentes, a mudan√ßa vai ser gradual e modesta, como a vida em si”

Valor Particular

 

No livro, Ken Mogi mostra que não precisamos ser japoneses para ter Ikigai e conta a história de uma cadeira especial, que encontrou no Reino Unido:

[…”Durante alguns anos, em meados dos anos 1990, eu fiz uma pesquisa de p√≥s-doutorado no Laborat√≥rio de Psicologia da Universidade de Cambridge. Eu estava hospedado em uma casa que pertencia a um eminente professor. Quando me mostrou o quarto em que eu ficaria hospedado, ele apontou o quarto em que eu ficaria hospedado, ele apontou para a cadeira e explicou que tinha valor sentimental para ele: seu pai a fez especialmente para ele quando ele era pequeno.

Não havia nada de extraordinário na cadeira. Para ser sincero, era um pouco malfeita. O design não era refinado, e havia características irregulares aqui e ali. Se a cadeira estivesse à venda no mercado, não seria cara.

Dito isso, eu tamb√©m vi, pelo brilho nos olhos do professor, que a cadeira tinha um significado muito especial para ele. E era s√≥ isso o que importava. Tinha um lugar √ļnico no cora√ß√£o do professor, s√≥ porque o pai tinha feito para ele. Valores sentimentais s√£o assim mesmo.

Esse √© s√≥ um exemplo, mas poderoso. Ikigai √© como a cadeira do professor. √Č quest√£o de descobrir, definir e apreciar os prazeres da vida que tem significado para voc√™. N√£o tem problema se mais ningu√©m enxergar esse valor particular”…]

Quando pedi esse livro de presente para o meu marido, algo me dizia que muitas pistas e confirma√ß√Ķes iriam surgir. E assim se fez a profecia! Quanta simplicidade e quanta riqueza! Quanta afinidade com a proposta e os valores da As Coisas Falam e o meu prop√≥sito de vida!

Deixo aqui algumas quest√Ķes para voc√™ refletir, anotar as reflex√Ķes e revisitar-revisar de tempos em tempos. L√°pis e papel na m√£o…

  • Quais s√£o meus valores mais sentimentais?
  • Quais s√£o as pequenas coisas que me d√£o prazer?
  • Consigo aplicar os cinco pilares do Ikigai no meu dia-a-dia? Onde? Quando?
  • √Č poss√≠vel viver uma vida plena, longa e feliz? Como?

Inspira√ß√£o e Trechos do Livro, transcritos na √≠ntegra, ‚ÄúIKIGAI – Os Cinco Passos para Encontrar seu Prop√≥sito de Vida e ser mais Feliz‚ÄĚ de Ken Mogi, neurocientista e escritor japon√™s.

Nosso blog
Instagram