O dia mais celebrado da Páscoa é o Domingo, mas muitos seguem toda a tradição da Semana Santa: Quinta-feira Santa, Sexta-feira da Paixão, Sábado da Aleluia e Domingo de Páscoa.

O coelho representa a fertilidade. O ovo remete à renovação da natureza e, ao se transformar em ave, explica o mecanismo da vida. Significados super pertinentes para o nosso momento, não? No séc XIX, os ovos e coelhinhos passaram a ser de chocolate, assim como outras figuras que também carregam alguma simbologia (como a pomba, por exemplo, que representa a paz) tornaram-se constantes na decoração de bolos e doces, como a colomba pascoal. Uhmmm, que delícia! Adoro esse momento do ano!

Em geral, familiares e pessoas queridas se reúnem para celebrar no almoço. Aqui em São Paulo os restaurantes costumam ficar abarrotadas de gente, com longas e disputadas filas de espera. Mas esse ano, excepcionalmente, vamos nos reunir virtualmente cada um na sua casa!

Aproveite esse momento, que o seu núcleo familiar está recluso na convivência do lar, e entre no espírito da Páscoa! Se conecte com a simbologia e a magia desse momento do ano. Espalhe pela casa coelhinhos, pegadas desses bichinhos feitas de papel, ovos… Resgate antigas tradições e esconda os ovos pela casa e promova uma divertida busca entre as crianças.

Aqui em casa, costumo deixar a mesa posta na véspera e uso guardanapos e/ou tags de papel decorados com motivos de Páscoa… eles ajudam a criar o clima e valorizam a louça básica do dia-a-dia.

Presentear nesse dia não está restrito às crianças. Você pode substituir os ovos por bombons e objetos artesanais. Vamos ajudar os pequenos empreendedores comprando direto pelos sites e/ou pelo WhatsApp!

Vamos espalhar amor, união e renovação!

Feliz Páscoa pra todos nós!

Que a alegria da ressurreição invada os lares e os nossos corações <3

Fonte de Consulta:

Livro ‘Faça a Festa e Saiba o Porquê: etiqueta e comportamento do Carnaval ao Reivellon’, de Fábio Arruda / Editora SENAC 2009.